Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Base governista anula convocação de Dilma à CCJ

Depois do cochilo dos governistas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que levou à aprovação da convocação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), para explicar o Programa Nacional de Direitos Humanos no Senado, no último dia 10, a base do governo na Casa baixou em massa na reunião da comissão nesta manhã e conseguiu derrubar a vinda da pré-candidata à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Congresso. Em votação simbólica, por 16 a zero - a oposição saiu do plenário em protesto -, foi anulada a decisão de convocar a Dilma.

Agência Estado |

O requerimento aprovado foi apresentado pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). Ele desconvocou a ministra e, no lugar dela, convocou o ministro da Secretaria de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi.

O líder do PSDB Arthur Virgilio (AM) anunciou que recorrerá ao Supremo Tribunal Federal (STF) para fazer valer "uma decisão autônoma da CCJ".

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG