Base aliada livra Sarney de representações no Conselho de Ética

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho de Ética do Senado rejeitou nesta quarta-feira os recursos contra o arquivamento das representações feitas pelo PSDB e pelo PSOL contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Como havia feito pouco antes, em relação aos recursos contra o arquivamento de denúncias individuais sobre Sarney, a base governista fez prevalecer sua maioria no conselho e venceu a votação por nove votos a seis.

Reuters |

O PSOL já informou que tentará recorrer da decisão no plenário do Senado.

Por Fernando Exman

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG