O grupo de teatro baiano Bando Olodum, dirigido por Márcio Meirelles - atual secretário de Estado da Cultura da Bahia, celebra 20 anos de trajetória com a apresentação de três peças de seu repertório no Sesc Vila Mariana, em São Paulo. Os 16 atores da companhia vão apresentar o musical Cabaré da RRRRRaça, o infanto-juvenil Áfricas e o espetáculo Ó Pai, Ó, que já se desdobrou em filme e série televisiva.

O grupo ainda aproveita a passagem pela cidade para ministrar oficinas e realizar bate-papos com o público sobre sua história e seu trabalho.

Márcio Meirelles era já um diretor de prestígio em fins dos anos 80 quando ministrou o curso teatral para atores negros que deu origem ao Bando de Teatro Olodum. "Nessa época, eu sentia a ausência do negro no palco", diz Márcio Meirelles. A primeira criação foi "Essa É Nossa Praia". "Eram todos atores, alguns de classe média (entre eles, na época, estava Lázaro Ramos), mas as pessoas confundiam, achavam que eles narravam suas vidas. Ficou quatro anos em cartaz, mas só quando fomos ao Rio e Caetano Veloso elogiou, o trabalho foi referendado."

Veio logo depois do 'referendo' de Caetano a criação do "Cabaré da RRRRRaça", o primeiro a ter 60% de espectadores negros. Até então, uma pesquisa revelara, apenas 1% do público teatral baiano era negro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Programação

Cabaré da RRRRRaça - Hoje e sábado - 21h; Domingo - 18h. 16 anos. Na forma de revista musical, aborda temas polêmicos como o negro na mídia, identidade racial, cotas nas universidades. Áfricas - Dia 17 - 15h30. Dia 18 - 11h. Livre. Infanto-juvenil, aborda a riqueza da Cultura Africana. Ó Paí, Ó! - Dias 16 e 17 - 21h. Dia 18 - 18h. 12 anos. Espetáculo sobre moradores do Pelourinho, que rendeu filme e série televisiva. Sesc Vila Mariana - Rua Pelotas, 141. Tel. (011) 5080-3000. 608 lugares. R$ 16. Informações sobre oficinas e encontros no site www.sescsp.org.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.