SÃO PAULO - Armados de fuzis, pistolas e revólveres, pelo menos dez homens, alguns encapuzados, invadiram, por volta das 22h desta sexta-feira, a Paranoá Indústria de Borracha S/A, localizada na altura do númeor 1.731 da Avenida Casa Grande, no bairro de Piraporinha, em Diadema, no Grande ABC.

Segundo um dos 14 funcionários, entre eles dois vigias, que foram dominados dentro da empresa, o grupo pulou uma tela de arame de um imóvel ao lado para invadir a fábrica. "Ficamos por quatro horas sentados e sob a mira das armas", afirmou uma das vítimas.

O grupo fugiu levando dois caminhões de pequeno porte contendo alumínio, o cofre do escritório localizado no piso superior da empresa e um Gol da empresa de segurança Pollus. No cofre, segundo os funcionários, havia documentos e dinheiro.

"Um dos seguranças foi obrigado a subir com os eles para ajudar a carregar o cofre, que é pesado. Em relação ao alumínio, não sabemos ainda o valor levado, pois são caixas fechadas", acrescentou o funcionário da empresa.

Todas as vítimas saíram ilesas no assalto. Até as 6h, nenhum dos criminosos havia sido detido pela polícia.

Veja também:

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.