Bandidos invadem presídio e líder de assalto ao BC foge

Marcos de Morais, um dos líderes do maior assalto a um banco brasileiro, conseguiu sair durante invasão, mas foi recapturado

AE |

selo

Um dos líderes do assalto ao Banco Central de Fortaleza, Marcos Rogério Machado de Morais, vulgo "Cabeção" ou "Bocão", conseguiu fugir do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira 2 (IPPOO 2). Ele e outros oito presos foram resgatados no início da tarde deste sábado. A operação deixou dois feridos: um sargento e um agente penitenciário.

Segundo a polícia cearense, o presídio foi invadido por um grupo aramado cujo objetivo principal era libertar Alex Sousa Ribeiro, vulgo "Alex Gardenal". Houve troca de tiros entre os invasores e a segurança do presídio. O sargento da Polícia Militar foi atingido de raspão no braço e o agente penitenciário com uma coronhada na cabeça.

Marcos Rogério havia sido preso em agosto de 2007, em São Paulo. O assalto ao BC de Fortaleza ocorreu em agosto de 2005. Até hoje é considerada a maior ação contra bancos no Brasil. Usando um túnel, os ladrões conseguiram levar R$ 164,7 milhões sem serem notados. A polícia não conseguiu recuperar a maior parte do dinheiro.

    Leia tudo sobre: assaltobanco centralfortaleza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG