Bandidos invadem favela no Rio e fazem 7 reféns

Um grupo de criminosos da Vila dos Pinheiros, favela do Complexo da Maré, na zona norte, tentou invadir hoje a vizinha Vila do João e acabou por fazer uma família de sete pessoas reféns. Na casa havia três crianças, três adolescentes e uma senhora.

Agência Estado |

Negociadores do Batalhão de Operações Especiais (Bope) conseguiram fazer com que os criminosos se rendessem e ninguém ficou ferido.

Com os bandidos foram apreendidos cinco fuzis, três pistolas, uma granada, 16 carregadores para calibre 7.62mm, um carregador para munição calibre 2.23, um rádio portátil e farta quantidade de munição.

Seguranças

Nesta madrugada, dois policiais militares que faziam a segurança do presidente da Companhia de Águas e Esgotos (Cedae), Wagner Victer, foram mortos durante uma tentativa de assalto no Engenho de Dentro, zona norte do Rio.

Os sargentos João Rodrigues Russo Neto, de 55 anos, e José Roberto Santos de Oliveira, de 52 anos, foram baleados, segundo testemunhas, depois de reagirem à tentativa de roubo do carro onde estavam. Eles haviam acabado de deixar Victer em casa.

Os sargentos trabalhavam com Victer desde 1999, quando ele assumiu o cargo de secretário estadual de Petróleo e Indústria Naval. Os dois estavam prestes a serem reformados por tempo de serviço. "Eram homens de bem, chefes de família e policiais exemplares que honravam a PM. Eles eram experientes e só morreram porque certamente reagiram", lamentou Victer.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG