Banderas diz que filme sobre Dalí foi adiado por disputa com fundação

NOVA YORK ¿ O ator espanhol Antonio Banderas confirmou hoje que o projeto cinematográfico no qual deve encarnar Salvador Dalí está paralisado por uma disputa sobre o conteúdo do roteiro com a fundação que administra o patrimônio do artista.

EFE |

O astro assegurou que o financiamento do filme, que será dirigido pelo britânico Simon West, está praticamente assegurado, mas o que impede a gravação são "os problemas ideológicos" com a Fundação Gala-Salvador Dalí.

"Não estão muito de acordo com uma parte do roteiro e nosso diretor é um britânico muito cabeça-dura, cabeção, que não quer dar o braço a torcer", disse o ator em entrevista antes de receber um prêmio na sede das Nações Unidas, em Nova York.

West, que foi quem convenceu Banderas a interpretar o artista catalão, é conhecido por dirigir filmes de ação como "Con Air - A Rota da Fuga" (1997) e "Lara Croft: Tomb Raider" (2001).

A disputa se centra na última fase da vida do polêmico Dalí (1904-1989), na qual, segundo o filme, se aproveitaram da perda das faculdades do artista para explorar o nome desse.

Banderas afirmou que seguem as negociações com a Fundação, mas que o atraso impossibilitará que as filmagens comecem no próximo ano, devido a um problema de agenda.

Em julho, o ator participa em Londres da produção do novo filme de Woody Allen, e depois vai a Los Angeles para atuar em um longa do americano Tony Krantz para filmar o suspense "The Big Bang".

O atraso na produção do filme de West sobre Dalí provavelmente impedirá que coincida com a estreia de outros dois projetos sobre o artista: "Dalí & I: The Surreal Story", de Andrew Niccol, e "Little Ashes", de Paul Morrison.

    Leia tudo sobre: antonio banderassalvador dalí

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG