Bancários entram em greve por tempo indeterminado em todo o País

SÃO PAULO - Bancários de todo o País decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira. A decisão foi tomada pela categoria após assembléias realizadas em diferentes Estados na noite desta terça-feira.

Redação |

De acordo com o sindicato dos bancários, a atual campanha reivindica um reajuste salarial de 5% (além da inflação de 7,15%), valorização dos pisos, auxílio-creche de R$ 415 e um vale-refeição de R$ 17,50 por dia. A pauta ainda pede uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais uma parcela única de R$ 3.500. Ainda não houve uma resposta oficial por parte da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Os bancários rejeitaram, no dia 29 de setembro, uma proposta do Comando Nacional dos Bancos, que oferecia um reajuste de 7,5% e uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) menor do que a exigida. No último dia 30, a categoria realizou uma paralisação nacional de 24 horas, mas foi registrada uma pequena adesão.

Segundo o sindicato da categoria, o auto-atendimento não será atingido pela paralisação. Os bancos decidirão se o serviço de auto-atendimento funcionará ou não a partir desta quarta.

Leia mais sobre: bancários

    Leia tudo sobre: bancários

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG