Bancários de São Paulo entram em greve a partir de 5a feira

SÃO PAULO - Os bancários de São Paulo e região decidiram nesta quarta-feira em assembleia ratificar a decisão do sindicato da categoria de rejeitar a proposta salarial apresentada pelos bancos e decretar greve geral por tempo indeterminado a partir da quinta-feira. Na sexta-feira, o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região recusaram proposta de reajuste de 4,5 por cento sobre os salários de 31 de agosto de 2009, o que corresponde à inflação acumulada em 12 meses. Os bancários pleiteiam 10 por cento de aumento.

Reuters |

Também há divergências quanto aos prêmios pagos na forma de participação nos lucros e resultados (PLR).

Os bancários farão nova assembleia na tarde de quinta-feira para avaliar o andamento da greve, e decisões similares devem ser tomadas por outros sindicatos.

Consultada previamente, a Febraban disse que só se manifestaria sobre o assunto na quinta-feira.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Bruno Marfinati)

Leia mais sobre greve de bancários

    Leia tudo sobre: bancáriosgrevesão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG