Balões entram na rota de decolagem de aviões no Rio

Com a proximidade das festas juninas, a torre de controle do Aeroporto Internacional Tom Jobim emite alertas aos pilotos para que tomem cuidado com balões. Nesta quinta-feira, pelo menos dois balões entraram na rota de decolagem dos aviões.

Agência Estado |

Segundo o Corpo de Bombeiros, desde o início do ano mais de dois mil focos de incêndio foram registrados nas florestas do Estado. Um quarto deles são provocados por balões.

O comandante Wanius de Amorim, do Batalhão Florestal dos Bombeiros, afirmou que apesar de ser uma prática cultural soltar balões é crime previsto pela lei 9605/98. A pena prevê um a três anos de prisão. "Soltar balão dá cadeia não apenas pela aplicação da lei de crimes ambientais, mas pela formação de quadrilha e também pelo risco que se traz à segurança de vôo. A Polícia Federal inclusive também está trabalhando nessa área junto com a Polícia Militar".

O comandante Wanius orientou a população a denunciar a prática de soltar balões. "Tem gente que acha que é uma arte muito bonita, mas ela é extremamente perigosa. Isso está comprovado estatisticamente. Denunciem", pediu ele.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG