SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - A balança comercial brasileira amargou déficit de 518 milhões de dólares em janeiro, o primeiro saldo mensal negativo desde março de 2001, informou nesta segunda-feira o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Em janeiro de 2008, a balança comercial teve superávit de 922 milhões de dólares. Em dezembro, o saldo comercial foi positivo em 2,301 bilhões de dólares.

"O saldo da balança comercial nos últimos seis anos, pelo menos, tem sido fundamental para manutenção do balanço de pagamentos brasileiro. Então, o governo tem uma preocupação em manter um saldo importante na balança comercial", afirmou Welber Barral, secretário de Comércio Exterior do ministério.

"Agora nós estamos num ano de crise, o ano de 2009 vai ser um ano ruim para todo mundo. A grande questão é tentar manter as nossas exportações."

As exportações brasileiras somaram 9,788 bilhões de dólares no primeiro mês de 2009, o que representou uma média por dia útil de 466,1 milhões de dólares. As importações, por sua vez, totalizaram 10,306 bilhões de dólares, o equivalente a 490,8 milhões de dólares de média por dia útil.

Barral acrescentou que "o governo sempre está estudando medidas para desonerar mais as exportações e, principalmente, a preocupação... com a questão de haver crédito para o exportador".

"Nós temos que adotar medidas para tornar pelo menos mais competitivas as exportações brasileiras."

Analistas consultados pelo Banco Central projetam superávit de 14 bilhões de dólares para a balança comercial em 2009.

(Reportagem de Renato Andrade e Ana Nicolaci da Costa)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.