Apesar da chuva leve que voltou à capital nesta quinta-feira, a cidade enfrenta o mês mais seco dos últimos 65 anos, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Considerando-se que em 1943 praticamente não havia poluição em São Paulo, dá pra se ter idéia da péssima qualidade do ar." / Apesar da chuva leve que voltou à capital nesta quinta-feira, a cidade enfrenta o mês mais seco dos últimos 65 anos, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Considerando-se que em 1943 praticamente não havia poluição em São Paulo, dá pra se ter idéia da péssima qualidade do ar." /

Baixa umidade do ar afeta a qualidade de vida dos paulistanos

SÃO PAULO - Os moradores de São Paulo estão sofrendo com o ar seco. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/07/24/apos_mais_de_um_mes_de_estiagem_sp_volta_a_ter_chuva_1467029.htmlApesar da chuva leve que voltou à capital nesta quinta-feira, a cidade enfrenta o mês mais seco dos últimos 65 anos, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Considerando-se que em 1943 praticamente não havia poluição em São Paulo, dá pra se ter idéia da péssima qualidade do ar.

Marina Morena Costa, do Último Segundo |

Minhas narinas ardem bastante e me sinto mais cansado quando faço algum esforço físico. Meu filho tem bronquite e a incidência das crises aumentou bastante neste inverno, diz o secretário Euder Ferrari, 40 anos. Moro em Parelheiros [extremo sul de São Paulo], e lá a poluição não incomoda, porque o bairro é afastado e bastante arborizado. Mas quando venho trabalhar, sinto a diferença na hora. Meus lábios ficam secos e por isso sempre carrego um batom na bolsa, conta Renata Rodrigues, 21 anos, operadora de caixa

Uma das soluções que os paulistanos têm encontrado para respirar melhor é a compra de vaporizadores e umidificadores de ar, produtos que aumentam a umidade do ar em ambientes fechados. Os supermercados Extra, por exemplo, registraram em julho um aumento de 60% na procura destes produtos, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Neste ano, as vendas de vaporizadores na rede dobraram no período de maio a julho. A empresa registrou um aumento de 100% na procura por estes produtos, e várias unidades estão com falta em estoque.

Na última segunda-feira, dia 21, a umidade, no Mirante de Santana, zona norte da cidade, chegou a 27%. Índice bastante alarmante, pois o indicado pela a Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 60%. O casal de aposentados Aparecida e Eder Basquini preocupa-se bastante com o problema e tem seguido as recomendações dos especialistas. Para dormir melhor, colocamos uma bacia de água no quarto, conta Eder. Já Aparecida, controla o horário das caminhadas: Como é melhor evitar exercícios físicos à tarde, entre 10h e 16h, saímos bem cedo para andar.

Os purificadores de ar não umedecem o ambiente, mas são uma boa opção para quem sofre de problemas respiratórios. O aparelho elimina microorganismos como bactérias e ácaros, que atacam as mucosas. O tempo seco deixa as narinas mais sensíveis e conseqüentemente expostas às doenças, explica Raphael Matias, gerente de marketing da Airfree.

Pequena melhora

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a estiagem continua até esta quinta-feira, quando uma frente fria vinda do Sul do País deve chegar a São Paulo. A chuva, porém, foi fraca e registrada apenas visualmente, segundo o Instituto Nacional de Metereologia.

Saiba mais

Produtos

E se você quiser comprar um aparelho para dormir melhor, há opções para todos os bolsos.

Vaporizador para Umidificação de Ambientes NS - R$ 44,90

Vaporizador para Umidificação de Ambientes Umidivap NS - R$ 59,00

Vaporizador de Ar Vicks - R$ 67,90

Vaporizador V-150 5,7L Bivolt Vicks - R$ 79,00

*Consulta realizada no Shopping iG. Preços sujeitos à alteração

Leia mais sobre: tempo seco

    Leia tudo sobre: tempo seco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG