Bahia já tem 25 mortes por dengue em 2009, diz secretaria

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que o Estado registrou, do início do ano até nesta segunda-feria, 51 mortes supostamente causadas pela dengue - em 25 casos, a causa da morte foi confirmada. Em todo o ano passado, 15 pessoas morreram por causa da doença. Dados oficiais divulgados pela Sesab na tarde de hoje mostram que a incidência da dengue mantém a aceleração no Estado.

Agência Estado |

Até o fim da primeira semana de março, foram notificados 21.407 casos da doença, 270% a mais do que o total de notificações do mesmo período no ano passado (5.775). Com relação à semana anterior, houve 4.751 novos casos - ante 3.021 identificados na última medição, comparada com a anterior. Os casos de dengue grave somaram 496 notificações, das quais houve confirmação em 161 casos.

Apenas nos sete municípios para os quais foi decretada, pelo governo estadual, situação de emergência (Ilhéus, Ipiaú, Irecê, Itabuna, Jacobina, Jequié e Porto Seguro), o número de casos notificados é de 13.079. A situação mais grave é registrada em Jequié, que conta 6.810 notificações (4,52% da população) e 11 mortes suspeitas de terem sido causadas pela doença - das quais três foram confirmadas.

Em Salvador, onde já há três mortes confirmadas pela dengue, foi iniciado hoje mais um Levantamento de Índice Rápido para o Aedes Aegypti (Liraa), para identificar o grau de infestação predial pelas larvas do mosquito transmissor da doença. No mais recente estudo, feito em janeiro, foram registrados focos do inseto em 3,8% dos imóveis visitados - o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é que o índice seja menor que 1%. Os resultados do novo levantamento devem ser conhecidos no fim do mês.

Leia mais sobre: dengue

    Leia tudo sobre: dengue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG