Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Bahia e Rio de Janeiro terão luto de 3 dias pela morte de Caymmi

BAHIA - O governador da Bahia, Jaques Wagner, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do cantor e compositor baiano Dorival Caymmi, aos 94 anos. Por meio de sua assessoria, Wagner divulgou nota de pesar, solidarizando-se e colocando-se à disposição da família para o que for necessário.

Redação com Agência Estado |

"Caymmi é merecedor de todas as homenagens, por ser uma das principais figuras da Cultura na Bahia, no Brasil e no mundo, ao lado de Jorge Amado. Por suas músicas, que correram mundo nos filmes de Hollywood, na voz de Carmem Miranda e de outras cantoras e cantores, Dorival Caymmi tornou as belezas da Bahia conhecidas no cenário internacional", diz a nota.

A matriarca da família Veloso, dona Canô, também manifestou pesar. "Sinto muito a morte de Caymmi. Ele foi um grande homem e um grande músico, que muito contribuiu para divulgar a Bahia. Ninguém cantou tão bem a Bahia quanto ele. Que ele descanse em paz", disse. Após 11 anos sem ir à Bahia, Dorival Caymmi esteve em Salvador há exatos dois anos, em agosto de 2006, quando, acompanhado pelo filho Danilo, recebeu o Prêmio Nacional Jorge Amado de Literatura e Arte.

Ele foi escolhido por unanimidade em uma lista que incluía Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Milton Nascimento, João Gilberto e Roberto Carlos, entre outros. Caymmi foi o último laureado com o a premiação. "Eu não tenho razão nenhuma, nem condição de esquecer a Bahia. Eu adoro a minha Bahia", disse na ocasião.

Governador do Rio manifesta pesar

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decretou luto oficial de três dias pela morte do compositor Dorival Caymmi.Até o início da tarde, a previsão era de que o corpo seria velado na Câmara dos Vereadores, no Centro.

Em nota oficial, o prefeito Cesar Maia lamentou a morte do "mais carioca de todos os baianos". Em sua homenagem, a prefeitura dará seu nome a uma rua no Leblon, zona sul da cidade. "É uma pequena rua carinhosa. Ali ele estará junto de nós, sempre", disse o prefeito.

Leia mais sobre: Dorival Caymmi

Leia tudo sobre: dorival caymmi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG