Bahia compra vacinas para conter meningite tipo C

O governador baiano, Jaques Wagner, anunciou hoje a compra de 1,5 milhão de doses da vacina contra a meningite meningocócica do tipo C, a mais grave. O investimento do governo, com o apoio do ministério da Saúde, será de cerca de R$ 30 milhões, a distribuição será feita na rede pública de saúde e terá como alvos crianças de até 5 anos.

Agência Estado |

"Eu diria que em janeiro a gente passa a aplicar as vacinas", diz Wagner.

De acordo com o governador, a compra do medicamento, que não integra o calendário de vacinação oficial, foi definida depois do surto de meningite meningocócica ocorrido em Porto Seguro, no fim de outubro. No episódio, a doença infectou oito pessoas, matando seis delas. "A partir dali, passamos a negociar com os laboratórios fabricantes", afirma.

Pelo anúncio, o custo da dose para o governo será de cerca de R$ 20, enquanto em clínicas particulares a vacina custa entre R$ 100 e R$ 150. A escolha por vacinar crianças de até 5 anos, segundo Wagner, ocorre pelo fato de elas estarem mais expostas à doença. "Claro que, ao vacinar essas crianças, diminuímos a circulação da bactéria, o que contribui para a redução de casos também entre adultos."

Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, este ano morreram 127 pessoas por meningite no Estado, 23 delas em Salvador. Wagner garante, porém, que não há motivo para pânico. "Evidentemente, a gente sabe que é uma doença que tem alta letalidade e óbvio que cada vida perdida é um episódio dramático, mas a situação não é alarmante", avalia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG