Tiros em ensaio do Olodum deixam um morto e quatro feridos

Briga entre traficantes rivais teria motivado episódio no Pelourinho

Thiago Guimarães, iG Bahia |

Um homem morreu e quatro pessoas ficaram feridas durante ensaio do Olodum na noite deste domingo (29), no Pelourinho, em Salvador.

O episódio teria sido motivado por disputa entre traficantes rivais. Suspeito de participação no tráfico, Diogo Santos da Silva, 21 anos, estava no ensaio e foi atingido por tiros na cabeça disparados por dois supostos rivais, que teriam entrado pelo telhado do local. Chegou sem vida às 21h no Hospital Geral do Estado.

O ensaio da banda de percussão ocorria no largo Pedro Arcanjo, local que costuma abrigar shows gratuitos de música. No caso do show do Olodum, a entrada era vendida a R$ 20. Três mulheres - de 45 anos, 32 anos e 22 anos – e uma menina de 11 anos que estavam no ensaio também foram atingidas por tiros, mas sem gravidade. Todas foram levadas ao Hospital Geral do Estado. A vítima de 45 anos e a de 32 anos já haviam recebido alta nesta segunda (30). Atingida por um tiro no pé, a criança permanecia internada com quadro estável, e não havia informações sobre a vítima de 22 anos.

Divulgação
O Olodum é um dos símbolos de Salvador
Os disparos provocaram correria no local e o ensaio foi interrompido. Por motivo de segurança, um teatro próximo ao largo Pedro Arcanjo impediu por cerca de 30 minutos a saída das pessoas que assistiam a uma peça no local. Os responsáveis pelos disparos fugiram. Uma mulher, que estaria acompanhando um dos suspeitos, foi detida pela Polícia Militar.

Em nota, o Olodum disse lamentar o episódio e informou que “todas as providências foram adotadas” para garantir a segurança dos presentes ao evento.

“De acordo com a PM e os seguranças, o autor do disparo driblou o acesso pela portaria, que é protegido por seguranças, igualmente fugindo após os disparos. Em todos os eventos, o Olodum contrata uma empresa especializada para o serviço de proteção de pessoas e do patrimônio. De imediato, foi aberta uma sindicância para apurar melhor as circunstâncias do ocorrido neste domingo”, informou o grupo em nota.

    Leia tudo sobre: bahiatiroteioolodum

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG