Professor de educação física é preso por pedofilia na Bahia

Homem de 32 anos teria abusado de ao menos nove crianças. Mensagem no Orkut levou polícia ao suspeito

Thiago Guimarães, iG Bahia |

Um professor de educação física e artes marciais foi preso na última segunda-feira (21) em Araci (231 km de Salvador) sob acusação de pedofilia.

Uma mensagem escrita no site de relacionamentos Orkut por uma menina de sete anos levou a polícia ao professor. A suposta vítima escreveu a uma amiga que odiava uma pessoa que havia destruído sua vida. A mãe da amiga viu a mensagem e alertou a mãe da vítima, que acabou descobrindo o abuso e procurou a polícia.

Segundo a Polícia Civil da Bahia, o professor, um homem de 32 anos, procurava os pais das crianças para oferecer aulas gratuitas em sua academia. No local, de acordo com as investigações, meninos e meninas de 7 a 11 anos eram obrigados a assistir vídeos pornográficos e a praticar atos libidinosos com o professor.

Ao cumprir o mandado de prisão temporária, policiais localizaram material pornográfico em CDs, DVDs e celulares na academia do professor. Até o momento, segundo a polícia, nove crianças confirmaram os abusos em depoimento. O professor nega as acusações e a posse do material encontrado na academia.

    Leia tudo sobre: AraciBahiapedofilia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG