Polícia fecha rinha ilegal que tinha mais de 300 galos na Bahia

Local abrigava arena com cronômetro e remédios para cicatrização de feridas das aves

Thiago Guimarães, iG Bahia | 17/03/2011 19:29

Compartilhar:

A Polícia Civil da Bahia apreendeu mais de 300 galos de briga em operação na quarta-feira (16) que desarticulou uma rinha em Vitória da Conquista (517 km de Salvador).

Foto: Divulgação/Polícia Civil da Bahia

Rinha de galos fechada pela polícia, na Bahia

Os donos da rinha, Djalma Emiliano da Silva, 43 anos, e Flávio Silva de Oliveira, 32 anos, foram presos em flagrante por policiais da 1ª Delegacia da cidade. Houve apreensão de cerca de 150 galos de briga que eram mantidos presos em local inadequado e outros 180 criados soltos.

O local contava ainda com pomadas e sprays para cicatrização de feridas, esporas e acessórios para encobri-las em treinos e uma arena com cronômetro que abrigava as brigas. Testemunhas ouvidas pela polícia disseram que as disputas ocorriam durante as madrugadas.

Os dois presos foram autuados por maus-tratos a animais, crime previsto na Lei de Crimes Ambientais e que prevê pena de multa de três meses a um ano de prisão. Um dos detidos, Djalma Emiliano da Silva, já fora notificado pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e respondia pelo mesmo delito.

 

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo