Homem confessa que matou ex-namorada por rejeição

O casal terminou o relacionamento no último dia 31. Nessa semana, o homem procurou a ex-namorada onde ela trabalhava e a matou

AE |

selo

O pedreiro Adilson da Cruz, 27 anos, confessou em seu depoimento à polícia que matou a ex-namorada Cristina dos Santos Nascimento, de 25 anos, porque ela não queria mais reatar o relacionamento entre os dois. O casal terminou no último dia 31, depois de cinco meses juntos. Cristina decidiu se afastar do rapaz pois ele se tornara agressivo ao questionar ligações telefônicas que ela recebia de amigos. Ela foi morta com sete facadas que atingiram antebraços, costas, pescoço e orelhas.

Leia também: Homem mata esposa com 22 facadas e chama a polícia

O crime ocorreu em Salvador, na terça-feira (1/11), na área de estacionamento do asilo São Lázaro, local em que a vítima trabalhava desde 2008 como auxiliar de serviços gerais. Dois dias depois, policiais localizaram Adilson escondido na casa do irmão, identificado como Daniel da Cruz. Ele foi preso por força de um mandado de prisão temporária.

Leia outras notícias sobre violência contra a mulher:

- ‘Em briga de marido e mulher temos de meter a colher’

- Em setembro, 194 mulheres registraram agressão por dia em SP

- Sequestrador estuprou jovem dentro do motel, afirma polícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG