Força Nacional permanecerá na Bahia para o carnaval

Pelo menos 320 integrantes da Força de Segurança Nacional se somarão a outros 23 mil policiais baianos no carnaval

Valor Online |

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), confirmou nesta segunda-feira que parte das tropas federais que atuaram no Estado durante a paralisação da polícia militar - que durou 12 dias e terminou no sábado - reforçarão a segurança durante o carnaval.

AE
Militares do Exército fazem ronda no Terreiro de Jesus, no Centro Histórico de Salvador, no último sábado
Leia também:  Grupos de extermínio elevam violência em Salvador, diz delegada

 "Já falei com o ministro da Justiça [José Eduardo Cardozo] e a Força Nacional vai ser mantida. O contingente será pouca coisa menor [do que aquele que atuou durante a paralisação]", afirmou.

O tamanho exato desse contingente, segundo Wagner, está sendo definido em reunião entre o general Gonçalves Dias, da 6ª Região do Exército, e o comando da PM local.

Pelo menos 320 integrantes da Força de Segurança Nacional se somarão a outros 23 mil policiais militares, civis e integrantes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) que vão trabalhar ao longo dos circuitos e nos 20 municípios que realizarão a festa.

Mais:
Fim da greve: "Estávamos sendo jogados contra a sociedade", diz grevista
Movimento: Salvador tenta entrar na rotina do carnaval
Turismo: Greve afasta visitantes dos pontos turísticos de Salvador

    Leia tudo sobre: carnavalbahiapmsforça nacional

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG