Acusado se disse arrependido e se entregou a uma equipe da Polícia Militar

Um homem de 34 anos procurou a Polícia Militar no último sábado (9) em Salvador e pediu para ser preso por um homicídio cometido em 2008.

Leia mais notícias sobre a Bahia

O fato ocorreu no Vale das Pedrinhas, favela da região do Nordeste de Amaralina, área com forte presença do tráfico de drogas. Os PMs chegaram a pensar que Luciano Souza Correia, 34 anos, estivesse com distúrbios mentais. Entretanto, ao levá-lo à delegacia, constataram que o homem tinha mandado de prisão em aberto por ter matado um homem a facadas em Maceió, há três anos.

“Ele disse que já queria se apresentar há tempos, citou arrependimento”, afirmou o delegado Marcelo Sansão, da 28ª Delegacia de Salvador, para onde Correia foi levado.

Ele disse que já queria se apresentar há tempos, citou arrependimento”, afirmou o delegado

Ainda de acordo com o delegado, o homem disse ter agido em legítima defesa em meio a uma confusão. O acusado seria transferido nesta segunda-feira (11) para a carceragem da Polinter, onde seria mantido até a transferência para Alagoas.

Embora foragido da Justiça, Correia conseguira emprego como vigilante em um prédio no bairro da Federação, região de classe média de Salvador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.