Disparo mata menina de 2 anos na Bahia

Pai disse que arma teria caído de um armário e disparado. Exames preliminares descartam essa versão

AE |

selo

Uma menina de 2 anos morreu na manhã desta terça-feira, em Vitória da Conquista (BA), vítima de um disparo do revólver calibre 38 de seu pai, Danilo Gonçalves dos Santos. Ele tem antecedentes criminais e foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. Segundo o delegado Odilson Pereira, ele também será indiciado por homicídio culposo. 

De acordo com Pereira, a versão apresentada por Santos, em depoimento, para a morte da filha - a arma teria caído de um armário e disparado - não condiz com as análises preliminares. Para o delegado, Santos efetuou o disparo, acidentalmente (limpando a arma, por exemplo) ou não. Atingida no abdome, a menina chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento.

    Leia tudo sobre: disparoarmasbahia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG