Corpos de vítimas do acidente na Bahia são liberados

Velório coletivo está marcado para a manhã de segunda-feira. Sete mortos eram de uma mesma família

AE |

selo

Os 33 corpos das vítimas do grave acidente ocorrido na madrugada de sábado no quilômetro 583 da BR-116, no interior da Bahia, envolvendo um ônibus fretado da empresa TCB Turismo, uma carreta e um caminhão-baú, começaram a ser liberados neste domingo pelo Instituto Médico Legal de Vitória da Conquista, no sudoeste do Estado. Todas as vítimas eram trabalhadores rurais pernambucanos que voltavam para passar o fim do ano com suas famílias depois de cumprir empreitada no corte da cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul. 

Reprodução/Google Maps
Acidente ocorreu na região de Milagres, a cerca de 240km de Salvador
O ônibus, que não tinha autorização para realizar o serviço de fretamento, transportava 45 pessoas. Dessas, 33 morreram e 12 ficaram feridas, todas do sexo masculino. Os primeiros 14 corpos chegaram por volta das 17 horas de hoje em Caruaru, no agreste, a 135 quilômetros do Recife, levados em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que decolou do aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, em Vitória da Conquista.

De Caruaru, seguiram em caminhões refrigerados do IML-PE para Buíque, a 285 quilômetros de Recife, onde residia a maioria das vítimas - e para Lagoa dos Gatos. Neste município, moravam dois trabalhadores. Outros 18 corpos devem chegar hoje de madrugada a Caruaru. O décimo nono, o do auxiliar do motorista, identificado como Ivo Hélio Alves, de 49 anos, foi levado pela família, de carro, para a cidade de Petrolina, onde morava e será sepultado.

Velório

O velório em Buíque, município de 53 mil habitantes, previsto para amanhã, deverá ser coletivo e será realizado no Clube Municipal da cidade. Do total de mortos, sete eram de uma mesma família, Beserra da Silva (morreram quatro irmãos e três primos). Segundo Soneide Beserra da Silva, irmã de Simão, Valmir, José Edilson e Valdenir, eles haviam passado sete meses fora e retornariam para Mato Grosso do Sul daqui a um mês. A família iria recebê-los com um almoço especial. De acordo com Soneide, a esposa de Valdenir está grávida de oito meses.

Dos 12 feridos que foram internados em Jequié (BA), dois se encontram em estado considerado delicado, com traumas neurológicos, e serão encaminhados em UTI aérea para o Hospital da Restauração, no Recife. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), decretou luto oficial por três dias no Estado, e mandou para a Bahia, ainda na madrugada do dia do acidente, uma comissão integrada pelos secretários da Saúde, Casa Militar e Defesa Social e equipes da Assistência Social e do IML para ajudar nos trabalhos de atendimento aos feridos e liberação dos corpos.

Feridos

Os 12 feridos no acidente começaram a ser transferidos neste domingo para Pernambuco. De acordo com informações do Hospital de Jequié (BA), onde as vítimas foram internadas, uma pessoa foi transferida pela manhã e outras duas seguiram durante a tarde em UTI aérea para Recife.

A partir de segunda-feira (5), devem ser transferidos mais quatro pacientes. Entre os cinco restantes, três têm previsão de alta, um está estável e o outro está em estado grave, sem condições de transferência.

Outro grande acidente: Acidente deixa 27 mortos em Santa Catarina

O ônibus não tinha registro na Agência Nacional de Transportes Coletivos. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal, o veículo já pertenceu a duas empresas e não tinha autorização para realizar o serviço de fretamento. Porém, uma liminar concedida por uma juíza de Brasília impedia os policiais rodoviários de multarem ou reterem ônibus sem esse registro.

* Com informações da Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG