Com "greve-relâmpago" de ônibus, Salvador tem manhã tumultuada

Motivo foi uma paralisação parcial dos rodoviários, que estão em campanha salarial

Thiago Guimarães, iG Bahia | 02/05/2011 14:16

Compartilhar:

Usuários do transporte público em Salvador tiveram uma manhã de transtornos nesta segunda-feira (2), com pontos lotados e engarrafamentos no trânsito. O motivo foi uma paralisação parcial dos rodoviários, que estão em campanha salarial.

Foto: AE

Ponto de ônibus em Salvador: paralisação provocou grandes filas na capital da Bahia

Segundo o sindicato da categoria, ônibus de 10 das 18 empresas de transporte urbano só começaram a circular a partir das 8h, o que afetou a vida de quem precisava do sistema para chegar antes ao trabalho.

A pauta dos rodoviários inclui reajuste salarial de 18%, folgas aos sábados ou domingos e plano de saúde pago pelas empresas. “Entregamos a pauta há 30 dias, houve cinco rodadas de negociação e os patrões não colocaram nenhuma oferta na mesa”, afirmou Francisco Costa, diretor de imprensa do Sindirodoviários.

O sindicato promete novas paralisações parciais durante a semana. A frota de ônibus no transporte público de Salvador conta com 2.457 veículos e 505 linhas. A tarifa do sistema é de R$ 2,50 para a maior parte das linhas.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Setps (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador), que indicou o assessor de relações sindicais do sindicato para comentar o movimento dos rodoviários. O assessor, contudo, não foi localizado.

    Notícias Relacionadas



    Ver de novo