Central da polícia é atacada a tiros em Brumado, na Bahia

Este foi o segundo atentado contra a polícia militar de Brumado em menos de uma semana

AE |

selo

A Central de Rádio Patrulhamento da 34ª Companhia Independente da Polícia Militar (PM) de Brumado (BA) foi atacada a tiros por quatro criminosos no fim da noite de ontem. Dois policiais trabalhavam no local no momento do ataque, mas eles não ficaram feridos.

Segundo o relato dos policiais, por volta das 23h30, quatro homens em duas motocicletas pararam na frente do posto da PM e abriram fogo. Pelo menos seis tiros foram disparados antes que os criminosos fugissem. Segundo a polícia, quatro adolescentes foram detidos, na manhã de hoje, suspeitos de participar do ataque.

Foi o segundo atentado contra a PM de Brumado em menos de uma semana. No domingo, uma viatura da corporação foi apedrejada enquanto os policiais responsáveis por ela procuravam um suspeito a pé. Além disso, no último dia 12, homens atearam fogo a um ônibus na cidade.

O comando da PM na cidade atribui os atentados a uma suposta tentativa de intimidação de policiais, em resposta a trabalhos de combate ao tráfico de drogas na cidade. Segundo o major Arthur Mascarenhas, nos últimos 30 dias, 27 pessoas acusadas de integrar a rede de comércio de entorpecentes da região foram detidas e 11 dos 14 presos que haviam escapado da carceragem da delegacia do município, em 21 de junho, foram recapturados. Mascarenhas afirma que pediu reforço de 20 policiais militares para a região.

Tráfico

Ontem, uma operação das polícias Civil e Militar nas zonas rurais de Jussara e Irecê (BA) resultou na apreensão e destruição de cerca de quatro toneladas de maconha, em três sítios da região, onde a droga teria sido plantada. Cinco pessoas, entre elas dois dos proprietários das terras, foram presos em flagrante e autuados por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

    Leia tudo sobre: ataquepmcentral da polícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG