Caixão é conduzido no meio de avenida de Salvador

Manifestantes protestavam contra violência após morte de rodoviário

Thiago Guimarães, iG Bahia |

Um cortejo fúnebre improvisado parou o trânsito nesta quinta-feira (9) em uma das principais avenidas de Salvador. Em protesto contra a violência na cidade, manifestantes conduziram pela via o caixão de um motorista rodoviário morto no dia anterior, o que provocou longos engarrafamentos.

Gilmar Gomes de Lima, 41 anos, foi morto com dois tiros no peito no início da manhã de quarta-feira (8) quando se dirigia ao trabalho. Ainda na quarta-feira (8), moradores do bairro de Cosme de Farias, onde o rodoviário vivia, bloquearam com pneus o trânsito na avenida Bonocô, o que motivou problemas no trânsito pela manhã em diversas vias da capital baiana.

Rodoviários, familiares e moradores retomaram os protestos nesta quinta (9). Ainda pela manhã, um motorista de ônibus da mesma empresa do rodoviário morto estacionou e abandonou o veículo no meio na mesma avenida, interditando três faixas. Houve bate-boca entre manifestantes e policiais militares, e o trânsito só foi liberado após a retirada, com guincho, do ônibus atravessado na avenida.

No início da tarde, o caixão do motorista foi carregado por uma das faixas da avenida, em ato com cerca de 50 pessoas. Manifestantes portavam cartazes com críticas à violência na região. A Polícia Militar acompanhou o cortejo ate o cemitério Quintas dos Lázaros, e o trânsito voltou a ficar lento na avenida.

    Leia tudo sobre: bahiasalvadorprotestoviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG