Bimotor faz pouso forçado em Salvador sem causar vítimas

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a Infraero, o avião apresentou problema no trem de pouso e rodou na pista pouco depois de tocar o solo; ex-ministro Geddel registrou o acidente

Agência Estado

Divulgação Twitter/Geddel Vieira Lima
Geddel registra acidente de avião em Salvador

Um bimotor da Aero Star Táxi Aéreo fez um pouso forçado na manhã deste domingo (6) em uma das pistas auxiliares do Aeroporto Internacional de Salvador. Segundo a Infraero, o avião, de fabricação da Embraer, apresentou problema no trem de pouso e rodou na pista pouco depois de tocar o solo, às 10h45. A aeronave parou no gramado que margeia a pista.

São Paulo: Prefeitura quer reduzir excesso de helipontos na cidade

São Caetano: Helicóptero cai em praça e deixa três feridos

Nem o piloto nem os passageiros, que não tiveram os nomes divulgados, sofreram ferimentos. Segundo a Infraero, o acidente não causou interrupções no aeroporto. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) vai apurar os motivos da falha no bimotor.

O ex-ministro, presidente do PMDB na Bahia e vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, Geddel Vieira Lima, que seguia com o irmão, o deputado federal peemedebista Lúcio Vieira Lima, para Livramento de Nossa Senhora, no interior do Estado, em outro avião, registrou o acidente momentos antes de decolar.

Depois que ele postou uma foto do avião atravessado no canteiro do aeroporto em uma rede social, chegou a circular, na Bahia, o boato de que ele estava a bordo do bimotor acidentado - o que foi desmentido pelo próprio Geddel, ao desembarcar em seu destino.

Leia tudo sobre: bimotoracidentesalvadorbahia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas