Traficante morre durante operação da polícia contra drogas em Salvador

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Em represália, cinco ônibus e uma motocicleta foram incendiados, à tarde, minutos após a conclusão

Agência Estado

Romildo de Jesus/Futura Press
Ninguém ficou ferido, mas comerciantes disseram que, após a depredação, houve um arrastão

A operação conjunta contra o tráfego de drogas entre Secretaria de Segurança Pública e Ministério Público na periferia de Salvador, em Tancredo Neves, realizada nesta quinta-feira (8) resultou na morte do suspeito de liderar o tráfico de drogas no local, Adailton Brito, conhecido como Sassá, e na prisão de dez homens. Outras quatro pessoas que estavam sendo procuradas continuam foragidas. 

Leia também:
Garoto sabia dirigir e atirar, diz delegado sobre filho de PMs mortos em SP
Mais duas testemunhas são ouvidas no julgamento do acidente da TAM

Segundo a SSP, a operação, que envolveu 300 policiais, apreendeu 1,5 quilo de drogas, entre cocaína, maconha e crack. Em represália, cinco ônibus e uma motocicleta foram incendiados, à tarde, minutos após a Polícia Militar concluir a operação. O local dos ataques foi o fim de linha do bairro, onde os ônibus concluem o itinerário na região.

Ninguém ficou ferido, mas comerciantes do local disseram que, após a depredação, houve um arrastão na área, o que forçou a maioria deles a fechar as portas. A situação só voltou à normalidade após o retorno dos policiais ao local. Os autores dos atentados não foram identificados.

Leia tudo sobre: GERALBahiatráficotraficantespolíciaSalvador

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas