FAB inicia buscas por bimotor desaparecido na Bahia

Aeronave perdeu contato após decolagem na noite de ontem (24) do aeroporto de Ilhéus, no sul do Estado; voo seguiria para o Distrito Federal

Agência Estado |

Agência Estado

Duas equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) foram acionadas nesta manhã para buscar o avião bimotor que desapareceu na noite da última segunda-feira (24). A aeronave perdeu o contato depois de decolar do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, sul da Bahia. O avião de prefixo PTRDG, modelo Cênica, decolou às 22h55 do campo de aviação, a 446 km de Salvador, com destino ao Aeroporto Internacional de Brasília.

Leia também:  Helicóptero faz pouso forçado em rodovia na zona leste de São Paulo

O contato com o piloto do bimotor foi perdido logo após a partida, afirmou o Comando da Aeronáutica. A Aeronáutica não tem informações sobre quantas pessoas estariam a bordo do avião, cuja capacidade total é de sete lugares. O comando também não sabe informar a natureza do voo. O modelo do bimotor pode ser usado tanto para treinamento quanto para transporte de passageiros.

As buscas foram planejadas para acontecer pelo ar com dois esquadrões especializados da FAB - um avião e um helicóptero. A varredura começa no perímetro próximo ao aeródromo de Ilhéus. A Força Aérea trabalha com a hipótese de o bimotor ter apresentado falha e caído, porque não houve confirmação de pouso de emergência.

Até às 12h desta terça-feira, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) não tinha conseguido contato com o serviço regional e não continha a confirmação do desaparecimento. A Infraero no Aeroporto de Brasília não soube dizer para qual horário era previsto o pouso da aeronave.

    Leia tudo sobre: bimotor desaparecidobuscasfabilhéusdistrito federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG