Polícia prende quatro suspeitos de atear fogo e matar sem-teto na Bahia

Homem de 26 anos morreu após ser queimado por jovens que buscavam morador que rua que teria roubado um celular no centro de Salvador, na Bahia

Agência Estado |

Agência Estado

Os quatro suspeitos de atear fogo no sem-teto Daniel Pinto dos Santos, de 26 anos, na madrugada de sábado, no centro de Salvador, estão presos, segundo a polícia baiana. Três deles foram detidos na segunda-feira e o último foragido, Moisés Silva dos Santos, entregou-se na manhã desta terça-feira à polícia. Todos, segundo a polícia, confessaram participação no crime. Os agentes, agora, procuram o taxista que fez o transporte do grupo.

Leia também:  Grupo ataca gêmeos que andavam abraçados e um deles morre

Daniel morreu horas depois do ataque, no Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele não era o alvo da agressão dos criminosos, que procuravam por outro homem, que seria conhecido da vítima e teria roubado o celular de um dos acusados horas antes.

O grupo teria parado para perguntar a Daniel por seu colega e ele teria dito que ele havia saído do local minutos antes. Sem conseguir localizar o alvo, os homens teriam despejado gasolina sobre a vítima e ateado fogo com um isqueiro. O crime começou a ser elucidado na segunda-feira, quando policiais localizaram, no HGE, Jadson Santos Dórea. Ele está na unidade sendo tratado por queimaduras nas pernas e no rosto, causadas durante o ataque a Daniel, e ficará sob custódia, até receber alta médica.

Dórea confessou participação no crime e apontou os outros agressores. O segundo preso, Franklin Nascimento, também está internado com queimaduras no HGE. Já Gustavo da Silva Santos - que seria o mentor do crime, depois de ter o celular roubado - foi detido em uma casa no bairro de Cajazeiras. De acordo com a polícia, Gustavo já foi preso por tráfico de drogas.

    Leia tudo sobre: Ataque a morador de ruaBahiasem-tetoSalvador

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG