Avô e tia de Isabella não têm hora definida para depor

Os depoimentos do advogado Antônio Nardoni e da filha Cristiane Nardoni, avô e tia de Isabella Nardoni, foram remarcados para amanhã à tarde, no 9º Distrito Policial, no bairro Carandiru, zona norte de São Paulo. O horário e a ordem dos depoimentos ainda não foram definidos, segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo.

Agência Estado |

Inicialmente os depoimentos do avô paterno e da tia da menina estavam previstos para sábado, mas por causa do cansaço da família, os advogados e os delegados do caso decidiram pelo adiamento.

O 9º DP apura a morte da menina, de 5 anos, no dia 29 de março. De acordo com a polícia, Isabella foi agredida e jogada pela janela do apartamento de seu pai, Alexandre Nardoni, no edifício London, na Vila Mazzei, também na zona norte da cidade. Alexandre e a madrasta de Isabella, Anna Carolina Jatobá, depuseram na sexta-feira e foram indiciados por homicídio qualificado. O casal passou o fim de semana com os dois filhos, de 1 e 3 anos, no apartamento dos pais de Anna Carolina, no centro de Guarulhos, na Grande São Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG