Avô de Isabella enviou laudos para legista do caso PC

Advogados do escritório de Marco Polo Levorin, o coordenador da defesa de Alexandre Nardoni, 29 anos, e Anna Carolina Jatobá, 24 anos, confirmaram ontem que o pai de Alexandre, Antonio Nardoni, enviou documentos ao médico-legista alagoano George Sanguinetti, conhecido pela atuação no caso da morte do empresário PC Farias. O casal está preso desde o dia 7, em penitenciárias no Interior de São Paulo.

Agência Estado |

Eles são acusados de asfixiar e jogar Isabella Nardoni, 5 anos, filha de Alexandre, pela janela do 6º andar do prédio onde moravam, na zona norte da capital paulista, no dia 29 de março.

O médico-legista alagoano e vereador por Maceió, George Sanguinetti (PTB), confirmou ontem que recebeu convite para atuar no caso Isabella. “Recebi esse convite para fazer o mesmo trabalho que realizei no caso do assassinato de Paulo César Farias e sua namorada Suzana Marcolino. Estou estudando todos os laudos e só amanhã (hoje) me pronunciarei se vou ou não aceitar o caso Isabella”, afirmou.

O legista ficou conhecido ao atuar no caso do empresário PC Farias, encontrado morto ao lado da namorada em junho de 1996. Sanguinetti se opôs ao laudo do legista Badan Palhares, que defendia a tese de homicídio seguido de suicídio. Para Sanguinetti, eles foram assassinados. As informações são do Jornal da Tarde

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG