Avô de Isabella diz que polícia ignora provas importantes

O avô da menina Isabella Nardoni, o advogado tributarista Antônio Nardoni, criticou hoje o trabalho da Polícia Civil de São Paulo. Ao sair da sua casa, Antônio Nardoni disse que a polícia desconsidera provas que são importantes e pesariam a favor da inocência do filho Alexandre Nardoni e da nora Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, indiciados pela morte de Isabella, que caiu do sexto andar do prédio onde o casal mora, na Vila Mazzei, na zona norte da capital paulista.

Agência Estado |

Segundo o avô dela, a polícia também não deu importância a alguns depoimentos relevantes. Antônio Nardoni foi ao apartamento dos pais de Anna Carolina, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Antes, ele esteve no escritório onde trabalha.

    Leia tudo sobre: isabella

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG