Avião deixa Recife hoje após falso alarme de bomba

Polícia encerra inspeção e passageiros poderão reembarcar às 20h10 deste domingo para Paris

iG São Paulo |

A Polícia Federal e a Polícia Militar do Rio de Janeiro encerraram às 13h50 deste domingo a inspeção na aeronave da companhia aérea Air France que. O avião teve de fazer um pouso não programado às 19h53 de sábado no Aeroporto Internacional de Guararapes, em Recife (PE) após um alarme falso sobre a existência de uma bomba. Passageiros do voo 443 (Rio-Paris) irão reembarcar às 20h10 deste domingo no voo 419, com previsão de chegada à capital francesa por volta das 9h50 de segunda-feira.

AE
Aeronave da Air France em solo, no aeroporto de Guararapes, em Recife

Os 405 passageiros e 18 tripulantes da aeronave foram retirados com segurança do avião na noite de sábado, disse o porta-voz da Infraero, Jorge Andrade. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), nem todos os passageiros que estavam no voo irão prosseguir a viagem.

Segundo um porta-voz da Air France no Brasil, a ameaça de bomba foi feita por telefone no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro por uma voz feminina cerca de 30 minutos após o avião decolar. A torre de controle entrou em contato com a aeronave e foi tomada a decisão de desembarcar no Recife, disse a Air France.

Em Paris, o porta-voz da Air France, Jerome N'Guyen, declarou que uma inspeção completa do avião foi concluída e nada de suspeito foi encontrado. Os passageiros foram levados para hotéis próximos.

A Infraero afirmou em comunicado que, após a aterrissagem no Recife, o avião taxiou para uma área isolada do aeroporto e os passageiros e tripulantes a bordo foram rapidamente removidos. O aeroporto foi fechado por cerca de 30 minutos e depois reaberto.

(Com Agência Estado)

    Leia tudo sobre: aviãobomba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG