Avião da TRIP Linhas Aéreas faz pouso de emergência em Manaus

"Foram as piores horas da minha vida", diz passageiro. Aeronave precisou sobrevoar a cidade por 2h30 para gastar combustível

iG São Paulo |

O avião da TRIP Linhas Aéreas, ATR -72, voo 5603, que decolou às 6h50 desta sexta-feira do Aeroporto Internacional Eduardo Jorge, em Manaus (AM), apresentou problemas e precisou retornar ao aeoporto, onde realizou um pouso de emergência.

Antes de aterrisar, porém, a aeronave com 38 passageiros sobrevoou a capital amazonense por 2h30 para gastar combustível e evitar o risco de uma explosão.

AE
Após momentos de tensão, avião pousa com segurança em Manaus. Passageiros se apressam em informar famíliares pelo celular

Um dos passageiros, Osvaldo Romanholi, de 46 anos, presidente do Sindicato dos Madereiros do Sudoeste do Pará (Simaspa), afirmou que 25 minutos após a decolagem o comandante avisou que iria pousar. "Já fiquei apreensivo porque conheço o trajeto e sei que o tempo estimado de viagem é de uma hora", conta ele, que desceria em Itaituba, no Pará. "O comandante avisou que estava com problemas técnicos e iria tomar medidas de segurança para pousar com tranquilidade", afirma, acrescentando que os passageiros não foram informados de qual seria o problema.

Segundo ele, houve muita tensão dentro do avião porque ninguém sabia ao certo o que estava acontecendo. "Ele ficou sobrevoando por 2h30, foram as piores horas da minha vida", diz. Outro grande momento de apreensão, diz ele, foi quando o avião começou a se aproximar do solo e os passageiros puderam observar o grande aparato que estava montado no aeroporto para o caso de algum acidente. "Vimos equipe de resgate, ambulância, bombeiros. Aquilo me deu desespero", conta.

Ele ressalta que a tripulação se esforçou para passar tranquilidade aos passageiros e manter a situação sob controle, mas ainda assim uma mulher passou mal e, ao pousar, foi atendida por médicos. "A tripulação foi pofissional, não deixou criar pânico", elogia.

Ao pousar com segurança às 8h35 (no horário local), houve aplausos e choradeira entre os passagerios. "Eu mesmo não contive a emoção e chorei bastante", admite Romanholi. Ele, que afirma estar sempre voando por motivos profissionais, diz que a tensão será inevitável. "Voo porque preciso, mas voava tenso, agora será ainda pior".

Procurada, a TRIP informou, por meio de nota, que o avião teve um "problema de ordem técnica no sensor do trem de pouso". "A tripulação técnica adotou o procedimento padrão de pouso nesta condição, e, após a confirmação de se tratar de um erro de sensor, a aeronave pousou normalmente", diz.

    Leia tudo sobre: aviãotrip linhas aéreaspouso de emergênciamanaus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG