Avião da FAB desaparecido emitiu sinal de alerta 1 hora após decolar

O avião C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB) que desapareceu na manhã desta quinta-feira entre os Estados do Acre e do Amazonas emitiu sinal de emergência 58 minutos depois da decolagem, informa o último boletim do órgão divulgado na noite desta quinta-feira. Segundo a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), sete técnicos e quatro tripulantes voavam da cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, para a cidade de Tabatinga, no Amazonas, para missão de vacinação do Ministério da Saúde em comunidades indígenas no Vale do Javari.

Redação |

Divulgação
Imagem de arquivo da FAB da aeronave C-98 Caravan
Imagem de arquivo da FAB de uma aeronave C-98 Caravan

De acordo com a FAB, a aeronave decolou às 8h30, horário local, e deveria pousar em Tabatinga às 10h15, mas até agora não há informações sobre sua localização. Neste momento, sete aeronaves da FAB e uma do Exército Brasileiro participam das buscas ou estão em deslocamento para a região: dois helicópteros H-60L BlackHawk, um helicóptero HM-3 Super Cougar (Exército), um KC-130 Hércules, um SC-95 Bandeirante, dois C-105 Amazonas e um R-99.

A autoridade aérea informa ainda que será montada uma base das operações na cidade de Cruzeiro do Sul (AC). Trinta e seis militares, entre médicos, enfermeiros e especialistas em resgate, foram deslocados para a localidade. Mais de cem militares participam da operação na região.

Segundo a FAB, "as famílias dos militares e dos civis estão recebendo assistência e informações sobre o trabalho de busca".

Mapa da região que seria sobrevoada pelo avião da FAB


Visualizar Aeronave da FAB desap­arece entre Acre e Amazonas em um mapa maior

Leia mais sobre C98-Caravan

    Leia tudo sobre: acidente aéreoamazonasbrasilc98-caravanfab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG