Avanço da dengue preocupa cidades no interior de SP

As autoridades sanitárias de São José do Rio Preto e Araçatuba lutam para conter o avanço da dengue, que atingiu cerca de 3 mil pessoas nas duas cidades só em 2010. Os números foram divulgados pelas secretarias de saúde desses municípios, os dois com maior número de casos no Estado de São Paulo.

Agência Estado |

Com 1.879 casos confirmados e mais 1.511 suspeitos neste ano, São José do Rio Preto inicia, a partir de quinta-feira, a nebulização de toda a cidade, numa tentativa de conter o avanço da doença. Segundo a Secretaria de Saúde, a expectativa é nebulizar cerca de 100 quadras por dia com 40 homens fazendo a pulverização de casa em casa.

A nebulização, segundo a secretaria, será feita manualmente com máquinas. A epidemia também aumentou a internação nos hospitais de São José do Rio Preto, onde hoje, 25 pessoas estavam em tratamento com sintomas da dengue. Até agora quatro casos eram de dengue hemorrágica.

Em Araçatuba, foram diagnosticados 1.092 casos da doença em 2010. Depois de fazer um mutirão nas 47 mil casas do município e iniciar a nebulização nas ruas e residências, a Secretaria de Saúde de Araçatuba atua nas escolas do município, com alunos e pais. Bancas de informação sobre a doença foram montadas na frente das escolas do município, na tentativa de conscientizar a população sobre a necessidade de evitar a proliferação do mosquito.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG