Avaliação positiva do presidente Lula oscila para 81,7%, mostra CNT/Sensus

A aprovação do desempenho pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou de 78,9% em novembro para 81,7% em janeiro, revelou pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira. O crescimento está dentro da margem de erro da pesquisa que é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

iG São Paulo |

Já a aprovação do governo do Lula ficou estável. O desempenho positivo do governo oscilou para 71,4%, ante 70% em novembro.

Agência Brasil
Lula em evento no Supremo nesta manhã
A avaliação negativa teve uma leve queda de 0,4 ponto percentual em relação à pesquisa anterior, passou de 6,2% na análise anterior para 5,8% na atual.

Já a avaliação da população em relação ao País é de que 54,86% acham que o Brasil está bem e a expectativa dos que acham que haja melhora nos próximos meses é de 74,10% da população.

Satisfação

O levantamento de hoje fez uma comparação com os dados da primeira edição da pesquisa, realizada em março de 2008. À época, 15% dos entrevistados diziam que sua satisfação com o País estava aumentando. Já no mês passado, esse porcentual cresceu para 48%. Outros 52,8% disseram que sentem mais orgulho de serem brasileiros.

Confiança nas intituições

Agência Brasil
Presidente do Instituto Sensus, Ricardo Guedes
A pesquisa ainda mediu o grau de confiança do brasileiro nas instituições: 69,8% disserem confiar sempre ou na maior parte das vezes nas Forças Armadas; 49,8%, na imprensa; 40,1%, no governo; 37,8%, na Justiça; 37,5, na Polícia; 36,0%, no Serviço Público; e no Congresso Nacional, 9,3%.

A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 25 a 29 de janeiro com 2.000 entrevistados em 136 municípios.

Cenário eleitoral

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à sucessão presidencial, subiu na pesquisa de intenção de voto chegando perto do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), provável candidato da oposição, que lidera a sondagem. No principal cenário da pesquisa, Dilma alcança 27,8% da preferência em janeiro, ante 21,7% em novembro, o levantamento anterior. Serra subiu menos, de 31,8% para 33,2%.

*com informações da Reuters e Agência Brasil

Leia mais sobre: Lula - pesquisa

    Leia tudo sobre: lulapesquisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG