Autorizada a produção de antiaids Efavirenz no País

Foi publicado hoje no Diário Oficial da União o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizando o início da produção em escala comercial do medicamento Efavirenz, antirretroviral usado no coquetel antiaids. Em 2006, o Ministério da Saúde determinou o licenciamento compulsório, quebrando a patente do medicamento, que pertence à Merck, e dando início às pesquisas para a produção do genérico.

Agência Estado |

Segundo a assessoria de imprensa do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos), a produção começará ainda esta semana.

O primeiro lote deve ficar pronto até a segunda quinzena de fevereiro e será vendido ao Ministério da Saúde. Até o final de 2009, a previsão é a de que sejam fabricados 2,1 milhões de comprimidos da droga. O Efavirenz é a droga importada mais cara do Programa Nacional Antiaids. Cerca de 75 mil pessoas em terapia antirretroviral devem consumir o medicamento.

    Leia tudo sobre: aids

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG