Crepúsculo é acusada de plágio - Brasil - iG" /

Autora de Crepúsculo é acusada de plágio

LOS ANGELES ¿ Uma escritora pretende processar a autora da série Crepúsculo, Stephenie Meyer, acusando-a de ter copiado trechos de um livro pouco conhecido em seu romance Amanhecer, disse um advogado na terça-feira.

Reuters |

J. Craig Williams, que representa a autora de "The Nocturne", Jordan Scott, disse à Reuters, por telefone, que as passagens em questão têm pouca semelhança de texto, mas os livros têm trama e personagens parecidos.

A editora Hachette, que publica os livros de Meyer, disse que a acusação não tem fundamento, e que sua autora criou toda a série "Crepúsculo" sem nunca ter ouvido falar de "The Nocturne".

"Amanhecer", lançado em 2008, é o quarto romance da série que tem como protagonista a adolescente Bella Swan, surpreendida em um romance com o vampiro Edward Cullen.

A editora diz que a série vendeu 70 milhões de exemplares no mundo, além de servir de base para uma série de filmes da produtora Summit Entertainment. O primeiro filme, "Crepúsculo", arrecadou mais de 380 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. O segundo, "Lua Nova", será lançado em novembro.

Em "Amanhecer", Bella se casa com Cullen, e o livro acompanha a personagem ao longo de uma gravidez complicada e em sua nova vida como vampira.

Em carta à editora Hachette para propor um acordo, Williams cita similaridades entre "Amanhecer" e "The Nocturne" - como em passagens sobre uma cerimônia de casamento, uma relação sexual na praia e um trecho em que um humano transformado em vampiro descreve a mudança. Williams também chama a atenção para o fato de que no dois livros há personagens que chamam a esposa de "love" ("amor").

Em nota, a editora Hachette disse que os livros de Meyer "têm sido uma sensação fenomenal", e "não deveria ser surpresa ouvir que outras pessoas podem querer pegar carona em tal sucesso".

Segundo Williams, nesta semana ou na próxima Scott deve abrir processo contra Meyer na Justiça Federal dos EUA. "Acho que os fãs têm de ler os dois livros e formar sua opinião, como um juiz terá de fazer", disse Williams. Ele disse que Scott não pleiteará indenização.

Scott disponibilizou capítulos de "The Nocturne" enquanto preparava esse romance sobre vampirismo, escrito durante sua adolescência e lançado em forma de livro em 2006, segundo Williams. Ele disse não saber quantos exemplares foram vendidos.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

    Leia tudo sobre: crepúsculoliteratura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG