Aumenta número de registros de nascimentos no Norte e Nordeste

BRASÍLIA - As Estatísticas do Registro Civil divulgadas nesta quinta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que aumentou a quantidade de registros emitidos nas Regiões Norte e Nordeste. De acordo com os dados, o número de nascimentos no Brasil foi de 2.750.836 em 2007.

Agência Brasil |

De 2006 para 2007, foram registradas 4.856 mil crianças a mais na Região Norte, passando de 254.532 para 259.388 a quantidade de documento emitidos. No Nordeste, o número passou de 752.185, em 2000, para 829.756, em 2006, registrando aumento de 77.571. Em comparação com o ano anterior, em 2007, houve redução de 9.855 crianças registradas, com a emissão total de 819.901 documentos. A tendência de crescimento observada nestas duas regiões pode ser explicada pela ampliação das ações de combate ao sub-registro.

Já as Regiões Sul e Sudeste tiveram quedas acentuadas no número de nascidos vivos registrados, compatíveis com a dinâmica de queda da fecundidade observada em todo país desde a década de 1960, especialmente nessas regiões. No Centro-Oeste, os valores se mantiveram praticamente estabilizados, com pequenas oscilações dentro do período.

O sub-registro de nascimento é definido pelo IBGE como o conjunto de nascimentos não-registrados no próprio ano de ocorrência ou até o fim do primeiro trimestre do ano subseqüente. Na análise da série 2000-2007, o percentual de sub-registro de nascimento no Brasil reduziu de 21,9%, em 2000, para 12,2%, em 2007, sendo que no último ano praticamente não houve alteração, com leve redução de 0,5 pontos percentuais.

Leia mais sobre: taxa de natalidade

    Leia tudo sobre: nordeste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG