Aumenta número de cidades em emergência no Rio Grande do Sul

O número de municípios gaúchos que decretarão estado de emergência devido às fortes chuvas que ocorrem na região poderá passar dos atuais 28 para 40, segundo o governo do Estado do Rio Grande do Sul. Os três últimos a declararem situação de emergência foram São Jerônimo, Sapucaia do Sul e Balneário.

Agência Estado |

Segundo o capitão da Defesa Civil do Estado, Alexsandro Goi, a partir desta segunda é esperado o recebimento de um volume considerável de decretos de emergência.

No total, 15 mil pessoas ficaram desalojadas no Estado. Aproximadamente seis mil ainda estão nessa situação. O número de residências e prédios danificados é calculado em cerca de 15 mil.

Também há pouco foi anunciado que o governo gaúcho liberou R$ 2 milhões para a recuperação de escolas em Gravataí, na Grande Porto Alegre, e no litoral do Estado, afetadas pelos temporais dos últimos dias. Cada região receberá R$ 1 milhão. Em Gravataí, serão beneficiadas oito escolas e no litoral, 11.

Energia

A CEEE, uma das três distribuidoras de energia do Rio Grande do Sul, informou que espera que a energia seja retomada em São Lourenço do Sul, Turuçu e parte do município de Cristal até o fim da tarde deste domingo, desde que "as condições climáticas sejam adequadas ao serviço dos técnicos". Para garantir os serviços essenciais (como água, saúde e segurança) na região, a companhia enviou 17 geradores, que vão suprir parte da iluminação pública e a energia elétrica para agências bancárias, entre outros serviços.

Em seu último boletim, atualizado na madrugada deste domingo, a distribuidora de energia RGE afirmou que o sistema de suprimento de energia elétrica para o Estado do Rio Grande do Sul ainda encontrava-se com contingências em virtude de temporal.

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvasrio grande do sultemporais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG