em nota, que o melhor caminho para senador José Sarney seria o ¿pedido de licença da presidência¿, por parte do peemedebista." / em nota, que o melhor caminho para senador José Sarney seria o ¿pedido de licença da presidência¿, por parte do peemedebista." /

Aumenta a pressão contra Sarney no Senado

BRASÍLIA - O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado, Aloizio Mercadante, afirmou, http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/07/24/em+nota+bancada+do+pt+pede+licenciamento+de+sarney+7481945.htmlem nota, que o melhor caminho para senador José Sarney seria o ¿pedido de licença da presidência¿, por parte do peemedebista.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

A bancada do PT defende o rigor nas investigações e não rejeita a idéia de antecipar a reunião do Conselho de Ética para antes do término do recesso, em 3 de agosto.

AE
O presidente do Senado, José Sarney
O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) também é favorável a uma reunião antecipada sobre o caso e defende, ainda, que se faça um plebiscito interno em plenário para definir a permanência de Sarney no cargo.

Ainda nesta sexta-feira, o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), anunciou a preparação de uma representação do partido contra o Sarney no Conselho de Ética. Segundo o senador, o objetivo é reunir as quatro denúncias contra o presidente da Casa Legislativa, evitando manobra de aliados de Sarney.

As denúncias do PSDB se referem ao suposto tráfico de influência (após a divulgação das gravações telefônicas); sobre as irregularidades em contratos da Fundação Sarney; sobre os créditos consignados a servidores do Senado e sobre a responsabilidade dele na edição de atos secretos.

Antes disso, o PSol também havia movido uma representação no Conselho de Ética contra Sarney. Na mesma linha, outro partido que estuda entrar com ações na volta do recesso é o DEM.

A diferença das denúncias individuais para as representações é que elas só podem ser arquivadas após a deliberação de todo o colegiado, formado em maioria por aliados de Sarney.

O cerco contra o senador peemedebista começou a apertar após a divulgação de gravações que o ligam a um pedido de emprego ao namorado da neta, Henrique Dias Bernardes.  

Leia também:

Leia mais sobre: Senado

    Leia tudo sobre: psdbptsarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG