Negócio da China - Brasil - iG" /

Audiência baixa faz Globo encurtar Negócio da China

Amargando os piores índices de ibope da história do horário, Negócio da China pode terminar antes do previsto. A trama de Miguel Falabella, que estreou em outubro de 2008, chegou a ter seu final cogitado para maio.

Agência Estado |

Com a queda acentuada da audiência do folhetim, a Globo mudou de ideia e reprogramou o seu término para o início de março. Agora, a um pouco mais de um mês de seu desfecho, já tem gente na emissora querendo encurtar a novela ainda mais, reduzindo em duas semanas seu tempo de vida. A Globo nega e diz que a trama termina em 14 de março.

Negócio da China , que registrou na estreia 30 pontos de audiência, ficou algumas semanas na casa dos 21 pontos, média fraca, porém dentro do universo de crise deixado por suas antecessoras. No entanto, logo o ibope da trama despencou de vez, chegando a registrar 14 pontos de média, um dos piores índices de novela das 6 da Globo.

Falta de mocinho, história sem pé nem cabeça, sobram motivos para Negócio da China naufragar e deixar um fardo para a substituta, Paraíso , de Benedito Ruy Barbosa, que segue sendo produzida a toque de caixa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: novelas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG