Atuação da Força Nacional no combate a saques em SC será confirmada em 48 horas

BRASÍLIA- O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse nesta quinta-feira (27) que o governo deve confirmar nas próximas 48 horas a atuação de homens da Força Nacional no combate aos saques em Santa Catarina. A tropa já foi enviada ao estado na quarta-feira (26) mas com o intuito inicial de apenas auxiliar no resgate às vítimas de deslizamentos de terra e desabamentos provocados pelos fortes temporais dos últimos 90 dias na região.

Agência Brasil |

Tarso afirmou que recebeu ontem (26) uma orientação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que os homens estejam de prontidão para coibir os roubos e garantir segurança aos comerciantes. Segundo ele, o governador do Estado, Luiz Henrique, já contatou o ministério e, no máximo em dois dias deve confirmar a solicitação. Nossa disponibilidade é total, o presidente nos orientou que ficássemos 24 horas à disposição, afirmou o ministro.

São bombeiros preparados para esse tipo de tragédia e que vão auxiliar as autoridades locais na localização de pessoas nos escombros, ajudando o povo catarinense a sair dessa situação brutal que se encontra em função dessa ocorrência trágica. A outra possibilidade de intervenção nossa [no combate aos saques] depende de um auxílio do governador , disse, ao participar de entrevistas a emissoras de rádio durante o programa Bom Dia, Ministro, nos estúdios da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Até o momento, a Defesa Civil de Santa Catarina já confirmou 97 mortes, a maioria, por soterramento, além de 19 pessoas desaparecidas. O número de desabrigados e desalojados supera 78,6 mil e dois municípios continuam isolados:  Rio dos Cedros e Garuva, o que representa um total de 22.464 pessoas necessitando de ajuda.


Leia também:

    Leia tudo sobre: enchentesanta catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG