SÃO PAULO - A atriz Renata Fronzi morreu no Rio de Janeiro nesta terça-feira. Ela estava internada no hospital Lourenço Jorge e, segundo o boletim médico, teve falência múltipla dos órgãos, causada por uma diabete. Ela tinha 82 anos.

Nascida Renata Mirra Ana Maria Fronzi em Rosario, na Argentina, ela veio ao Brasil ainda criança. Sua carreira teve início na década de 40, mas o auge veio apenas na década de 60, quando estrelou o programa de TV "A Família Trapo", com Ronald Golias.

Além dos trabalhos na televisão e no teatro, Renata fez diversos filmes, a maioria chanchadas, como "De Pernas pro Ar" e "Pé na Tábua". Seus últimos trabalhos no cinema foram "Coisa de Mulher" (2005), com Adriane Galisteu, e "Copacabana" (2001), de Carla Camuratti.

Sua vida foi retratada no livro "Renata Fronzi: Chorar de Rir", de Wilson Assis.

Leia mais sobre Renata Fronzi .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.