BRASÍLIA - O último boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) mostra que dos 440 vôos programados, até as 10h, 31,8% saíram com atraso superior a 30 minutos, ainda em decorrência da pane no radar que controla o espaço aéreo de São Paulo, no início da tarde de sábado.

De acordo com o plantão da Infraero, a situação já está se normalizando, e a tendência é de a movimentação aérea voltar ao normal até o fim da manhã.

Segundo o balanço da Infraero, o maior número de decolagens atrasadas aconteceu no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, São Paulo, onde 31 dos 71 vôos programados saíram com atraso.

Como se trata do maior aeroporto do país, os atrasos verificados ontem geraram reflexos nas demais regiões, com prejuízo maior nos aeroportos do Norte e Nordeste. Embora menos movimentados, os aeroportos de Salvador, Recife, João Pessoa, Natal, Belém e Manaus registraram atrasos em mais de 40% dos vôos programados para até as 10 horas deste domingo.

A Infraero informou ainda que os aeroportos de João Pessoa e Maceió estão com decolagens atrasadas, mas em virtude de estarem operando por instrumentos; mas o funcionamento é normal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.