Atores de Hollywood não cedem e negociações com estúdios continuam

O principal sindicato de atores de cinema e televisão americano (SAG) não cedeu em suas reivindicações, nesta quinta-feira, durante uma reunião crucial com a Aliança de Cinema e Televisão (AMPTP), o que põe em risco a paz trabalhista da indústria, informou um comunicado dos estúdios.

AFP |

Depois de cerca de cinco horas de diálogo para que o SAG respondesse a uma proposta de 43 páginas emitida pela AMPTP em 30 de junho, o maior sindicato de atores declarou que seu comitê negociador apresentou uma resposta que, agora, espera a reação patronal para sexta-feira.

O SAG "apresentou à AMPTP sua resposta à proposta emitida pelos produtores em 30 de junho (...) Membros do comitê negociador do SAG se reunirão na sexta para discutir a resposta da AMPTP", diz a nota dos atores, sem mais detalhes.

Já a AMPTP divulgou um comunicado, garantindo que o SAG "rejeitou" o que chamam de sua "oferta final" e fizeram um apelo para que o aceitem.

"A rejeição por parte dos líderes do SAG de Hollywood a aceitar essa oferta é a última em uma série de ações da liderança do SAG que, em nossa opinião, põe a paz trabalhista em risco".

    Leia tudo sobre: greve em hollywood

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG