O ator Hugh Jackman, que está no Brasil para divulgar o filme X-Men - Origens: Wolverine , foi só simpatia na entrevista coletiva do filme, hoje de manhã, no Hotel Copacabana Palace, onde se hospedou, no Rio. Ele volta ainda hoje para Nova York.

Começou falando as únicas palavras que aprendeu em português: "Bom dia. Estou muito feliz de estar no Brasil".

Bem-humorado e muito amável com os repórteres - a maior parte fãs da série, o que ficou óbvio ao fim, quando praticamente todos se amontoaram para pedir autógrafos e tirar fotos com o galã australiano -, ele respondeu perguntas sobre a sequência de X-Men e prometeu mais um filme.

Disse ainda que adora o Brasil e que "as mulheres brasileiras são as mais bonitas do mundo". Por fim, o australiano comentou a ida ao Corinthians ontem e o encontro com Ronaldo. "Agora, sim, meus amigos vão me odiar!". Para ele, o título que recebeu de homem mais sexy do mundo "teria sido mais útil quando tinha 21 anos".

X-Men - Origens foi o maior lançamento da Fox no Brasil em todos os tempos. Estreou na quinta-feira passada e, só nos primeiros quatro dias, levou mais de um milhão de pessoas aos cinemas. Nos Estados Unidos, faturou US$ 35 milhões no primeiro dia, mesmo tendo vazado na internet um mês antes da estreia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.