Lisboa, 22 mai (EFE) - O ator André Ramiro disse hoje à Agência Efe que a violência não é só um problema do Brasil, após participar da estréia em Portugal do filme Tropa de Elite, que inaugurou a segunda edição do festival de cinema ibero-americano Hola Lisboa.

O cantor de rap disse que a violência tem uma dimensão global e que não se trata de algo que atinge apenas países pobres como o Brasil.

Ramiro ressaltou que em "Tropa de Elite" são abordadas questões importantes e que o longa-metragem expõe as dificuldades que as forças de segurança brasileiras enfrentam.

O ator e cantor afirmou que o filme reflete a violência do Brasil e, mais concretamente, a do Rio de Janeiro, mas ressaltou que isso não tira o título de "Cidade Maravilhosa" que a cidade ostenta há muito tempo.

Além disso, advertiu que tudo o que aparece em "Tropa de Elite" não necessariamente é verdadeiro.

Sobre sua presença no Hola Lisboa, o ator afirmou estar feliz por estar em Portugal, e acrescentou que o público saberá apreciar a mensagem do longa-metragem.

O Hola Lisboa, que acontecerá até o dia 25, conta em sua seção oficial com filmes do Brasil, Chile, Argentina, Espanha, Colômbia e Portugal.

Além do prêmio para melhor filme, o júri internacional do festival elegerá o melhor roteiro e fotografia.

O festival pretende oferecer ao público português as melhores criações do cinema ibero-americano, desde os grandes produtores até os jovens diretores. EFE arm/fh/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.